Minuto MS

25º

Três Lagoas/MS

24 de maio de 2020 domingo
04/04/2020 - 03:04:56

Com restrições, comércio pode reabrir na terça-feira (7) em Três Lagoas

Shopping, academias, e escolas continuam fechados. Igrejas terão um capítulo à parte e deverão se enquadrar em algumas regras que incluem a apresentação de um plano de ação

Assessoria/ Fotos: Divulgação

comercio
Em reunião ocorrida na manhã deste sábado, 04 de abril, na Prefeitura de Três Lagoas, representantes do comércio e gestores do Município decidiram flexibilizar o decreto e reabrir parte do comércio na próxima terça-feira (7). Mas, para isso, várias regras sanitárias deverão ser seguidas. Alguns setores deverão continuar com restrições.

É o caso dos restaurantes que vão permanecer com atendimento delivery, ou seja, entregando ou fornecendo alimentos para consumo em casa ou em outro local. O que pode mudar é que esse segmento poderá entregar o alimento embalado direto para o consumidor na porta do estabelecimento, mas, sem aglomerações.

Shopping, academias, e escolas continuam fechados. Igrejas terão um capítulo à parte e deverão se enquadrar em algumas regras que incluem a apresentação de um plano de ação. Bancos continuam fechados e para os atendimentos em caixas eletrônicos deverão oferecer álcool gel e higienizar os equipamentos.

Conforme o Prefeito Angelo Guerreiro, a flexibilização das medidas adotadas pelos municípios circunvizinhos além de promover a deslealdade comercial, favorece a possibilidade de contaminação das pessoas que se deslocarem até lá potencializando a propagação local mesmo com a implementação de barreiras sanitárias nas divisas do estado, além de favorecer a atividade comercial daqueles municípios em detrimento da local.

Durante a reunião os gestores avaliaram várias medidas, especialmente no sentido de que surtam efeitos pedagógicos para conscientizar a população dos riscos de contágio e dos cuidados a serem adotados para a prevenção.

As equipes de vigilância serão rigorosas na fiscalização que inclui até mesmo o controle de fluxo com quantidade máxima de pessoas por metro quadrado dentro dos estabelecimentos, o uso de Equipamentos de Proteção Individual, assepsia de superfície e das pessoas.

A principal preocupação, segundo o Prefeito, é a conscientização da população. “Apesar dessa flexibilização, é importante que as pessoas fiquem em casa e só saiam para o que for estritamente necessário. O vírus letal continua se propagando. Estamos fazendo o possível para equipar o sistema de saúde mas as limitações são preocupantes”, disse.

Na segunda-feira (06), haverá uma nova reunião entre as entidades que participam do Comitê Anticrise do Coronavírus para a leitura e possíveis ajustes no decreto de flexibilização das regras sanitárias que será publicado na terça-feira.

Participaram da reunião, além do Prefeito, o Assessor Jurídico da Prefeitura, Dr. Luiz Gusmão; Eurídice Silveira, do Sindicato das Empresas do Comércio; Sueide Torres, do SINDVAREJO; Fernando Jurado e Anderson Okahara, da Associação Comercial; Cassiano Maia, representante do corpo clínico do Hospital Auxiliadora, e Marcos Antônio Júnior, da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes – ABRASEL.

« voltar para home