Minuto MS

25º

Três Lagoas/MS

20 de abril de 2018 sexta
11/04/2018 - 01:04:37

Governador diz que grevistas fazem politicagem após prisão de Lula

Caso não consiga concluir o diálogo governo irá à Justiça

Correio do Estado/ Foto: Álvaro Rezende- Correio do Estado

governo
O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) voltou a dizer hoje pela manhã que a greve dos administrativos da educação é estritamente política. “Não sei se eles estão de mau humor pela questão nacional da prisão do ex-presidente e querem criar factóides e problemas nos estados onde as coisas funcionam”, afirmou.

Desde às 10h o sindicato da categoria está reunido com o secretário de Estado de Administração e Desburocratização (SAD), Carlos Alberto Assis, para chegar a um acordo. As negociações continuarão intensas, conforme Azambuja.

“Temos que conviver com politicagem. Vamos continuar aí discutindo e dialogando. O que eu não quero é prejudicar o aluno. Os grevistas não estão prejudicando o governador, mas os alunos. Se não der no diálogo, nós vamos buscar nas vias judiciais e mostrar claramente a ilegadidade dessa greve”. 

Ele justifica que está seguindo a legalidade. “A incorporação já está definida. Tem data marcada. Não podemos fazer agora porque o governo trabalha na legalidade. Quanto o abono, os servidores administrativos da educação foram os que mais ganharam proporcionalmente. É um evento político”. 

 

« voltar para home