Minuto MS

25º

Três Lagoas/MS

27 de maio de 2018 domingo
10/05/2018 - 06:05:06

Família ‘encomenda’ morte de jovem acusado de estupro para integrantes do PCC em Três Lagoas

Ação foi realizada nesta quinta-feira (10)

Minutoms/ Fotos: Minutoms

 

polícia
Durante investigações acerca do crime de homicídio doloso, tendo como vítima ALISSON DE SOUZA SANTOS, cujo corpo foi localizado no dia 01.03.2018, às margens da BR 158, em Três Lagoas, policiais do Setor de Investigações Gerais passaram a investigar e descobriram que tal crime foi praticado por integrantes de uma facção criminosa.

Apurou-se, também, a motivação da morte de Alisson, foi porque este teria tido um relacionamento amoroso com uma vizinha de apenas onze anos de idade, sendo que os familiares dela ao tomarem conhecimento de tal fato, resolveram fazer justiça com as próprias mãos, ou seja, procuraram integrantes dessa facção criminosa, os quais resolveram mata-lo, mas antes Alisson foi sequestrado em sua residência, na presença da esposa, isso no dia 26.02.2018, depois morto, mas antes foi submetido a um “tribunal do crime”, sendo que seu corpo foi localizado apenas no dia 01.03.2018.

Ainda, durante as investigações, foi possível constatar que esse bando criminoso torturou outros dois indivíduos, isso também, através do conhecido “tribunal do crime”, mas ambos não chegaram a ser mortos.policia-2
No decorrer da operação policial realizada na manhã de hoje (10),  por policiais civis de Três Lagoas, Brasilândia, Selvíria, Garras de Campo Grande, com apoio de Policiais Militares, que também fizeram revista no presídio de segurança media local, bem como de Policiais Civis do Garras e do Grupamento Aéreo da Sejusp, foram cumpridos 11 mandados de busca e apreensão e 18 mandados de prisão preventiva.

Na cidade de Dourados, com apoio de Policiais Civis, bem como de Campo Grande, através do Garras, foram cumpridos quatro mandados de prisão preventiva e busca e apreensão nas celas de presos envolvidos no crime ora investigado.

A operação foi denominada “Hidra de Lerna”, em referencia a lenda de um monstro da mitologia grega que tinha o corpo de dragão e várias cabeças de serpente, o qual habitava um lago denominado Lerna. pol;ícia
Três detentos envolvidos nesta investigação e que se encontravam recolhidos no presídio local, foram transferidos para Campo Grande.

Os demais presos e presas, foram recambiados para os respectivos presídios desta cidade, à disposição da Justiça e responderão por homicídio doloso qualificado; organização criminosa, além de tortura.

Denúncias poderão ser realizadas através dos telefones 67.3929.1173 ou 67.3521.4984.policia-3

« voltar para home