Minuto MS

25º

Três Lagoas/MS

19 de agosto de 2018 domingo
10/05/2018 - 12:05:20

Técnicos do IMASUL fazem vistoria no Monumento Natural das Lagoas

O objetivo da inspeção é obter informações técnicas para certificar a área como unidade de conservação e receber recursos para sua preservação

Assessoria/ Fotos: Divulgação

lagoa
Uma equipe da gerência de unidades de conservação do Instituto do Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (IMASUL) esteve em Três Lagoas realizando uma visita de inspeção na área da Lagoa do Meio e Lagoa Menor, que hoje fazem parte da unidade de conservação Monumento Natural das Lagoas.

A equipe foi auxiliada pelos profissionais da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Agronegócio (SEMEA), juntamente com o secretário Celso Yamaguti, os quais orientaram a equipe pelos principais acessos as lagoas.

Conforme a fiscal ambiental do IMASUL, Luciana Carla Mancino, o objetivo da inspeção é preencher o relatório de informações técnicas para avaliar se a área do Monumento Natural das Lagoas está dentro das normas exigidas para se tornar unidade de conservação.

Esse procedimento é uma das etapas que o instituto realiza para certificar que a área proposta atende aos requisitos para se tornar uma Unidade de Conservação. O Monumento Natural das Lagoas foi criado em 2016 para potencializar a preservação das lagoas, seus arredores, bem como, viabilizar o recebimento de recursos necessários para sua preservação.

Durante a visita, o técnico ambiental da SEMEA, Flávio Fardin, apresentou os pontos favoráveis e também os problemas que a região tem enfrentado.

“Temos grandes problemas com queimadas. Devido às áreas serem muito extensas e próximas às propriedades particulares, há dificuldade em controlar esse transtorno. Com a implementação da Unidade de Conservação, conseguiremos preservar as áreas, delimita-las e exigir cooperação dos moradores e frequentadores”, especificou Flávio.

A bióloga Patricia S. Corsini, do IMASUL, disse que o relatório será preenchido de acordo com análise de quatro profissionais específicos do órgão. O documento tem o prazo de 30 dias para ser finalizado e, é este laudo que define se a unidade será aprovada ou precisa passar por adequações e novas análises.

SOBRE O MONUMENTO NATURAL DAS LAGOAS

A unidade de conservação foi criada sob a categoria “monumento” por permitir a captação de recursos de compensação ambiental e também permitir a permanência de proprietários de imóveis que se comprometam com a preservação das lagoas, pois é a única categoria de Unidade de Conservação de Proteção Integral que permite a existência de áreas particulares.

O Monumento Natural das Lagoas foi criado por meio do Decreto Municipal nº 188 de 13 de dezembro de 2016, com o objetivo principal da preservação das lagoas e seu entorno imediato. Hoje o monumento possui um conselho consultivo, e diversas ações serão planejadas para a região, com o devido conhecimento e autorização dos proprietários das áreas aos arredores das lagoas.

 

« voltar para home