Minuto MS

25º

Três Lagoas/MS

15 de novembro de 2018 quinta
08/11/2018 - 02:11:51

Vítima de violência doméstica, apresentadora e radialista denúncia ex-noivo

A apresentadora conta que fugiu de São Paulo levando apenas a roupa do corpo

Radio Caçula - Foto: Reprodução (Facebook)

cii
Ser vítima de violência doméstica independe de classe social, idade ou gênero. Ser agredida pela pessoa que se escolheu dividir a vida causa ferimentos emocionais difíceis de serem cicatrizados, mas que com a ajuda da família é possível que a vítima se liberte.

Foi o que aconteceu com a apresentadora e radialista Cileide Heredia, que consagrou sua carreira em Três Lagoas e no inicio do ano decidiu se mudar para São Paulo e viver o amor, o que ela não sabia é que essa história se transformaria em um filme de terror.

Cileide usou a sua página no facebook para contar o que a trouxe de volta para Três Lagoas e os motivos que a fizeram terminar o relacionamento com o homem que pretendia se casar. A postagem foi publicada na tarde desta quarta-feira (7).

A apresentadora conta que fugiu de São Paulo levando apenas a roupa do corpo depois de ser espancada pelo noivo durante uma crise de ciúmes e desde então vem sendo coagida pelo produtor musical que se nega a devolver os seus pertences, documentos e o controle de sua conta no instagram, atualmente com 128 mil seguidores.

Trinta dias depois que chegou a Três Lagoas e foi amparada por sua família e amigos, Cileide decidiu que era a hora de denunciar seu agressor e hoje (7) foi até a Delegacia de Atendimento a Mulher (DAM) e registrou o boletim de ocorrência.

Em sua publicação, a apresentadora conta que decidiu expor sua história para que todas as mulheres que sofrem qualquer tipo de agressão, seja ela verbal, física ou emocional, para que tomem o controle de sua vida, denunciem e se liberte.

« voltar para home